Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Estado das Coisas’ Category

Foi encontrada a entrada para o País das Maravilhas, na Guatemala.

Read Full Post »

Acho esta notícia brutal. E a resposta da google ainda melhor:

A empresa garante que a recolha de informação foi acidental (devido à inclusão por engano de uma funcionalidade no equipamento dos carros) e que esta nunca foi usada.

Como programador e como pessoa com dois dedos de testa, recuso-me a engolir isto.

Read Full Post »

Read Full Post »

If you believe…

… they wont put the Man on the moon. Man on the moon….. Lalalalala…. ( notícia aqui )

Read Full Post »

É triste vivermos num mundo assim. É de facto uma maneira violenta de começar o post ( que dramático que sou, principalmente devido ao tema ). Encontrei esta notícia no Atlanta Jornal. Parece que o pessoal, lá pela América, tem pouco para fazer e, para passar o tempo, gozam uns com os outros. Numa primeira análise, fiquei com pena da Palin. Já uma gaja não pode usar umas cábulas? Um lembretezinho nunca fez mal a ninguém e de certeza que ela não é menos levada a sério por usar tais artimanhas. Bem, afinal é. O “press secretary” da Casa Branca, não deixou passar e fez umas declarações…

O homem é mesmo do piorio. Mas pior que isto, é perder tempo com estas merdas. Após uma segunda análise, foi merecido terem feito isto à Palin, ao que parece, ela gozou com o presidente Obama por usar teleponto. Como seria de esperar, cartoons foram criados:

Imagens retiradas de: Atlanta Journal-Constitution

Read Full Post »

Estava a ler uma notícia e, devo dizer que, fiquei bastante admirado, por um instante, com esta notícia no New York Times. Basta pensar um bocado, é normal que este tipo sites/estratagemas tivessem sido inventados, faz muito sentido nos dias que correm. O que estes sites oferecem, ( para quem não se deu ao trabalho de o ler, ou para quem o inglês só serve para engatar umas estrangeiras na praia) sucintamente, é baseado na tua personalidade, qual poderá ser o melhor candidato para ti. Ou,até mesmo, como em outros  sites mais elaborados, baseados em certas características do teu ADN, ou passado financeiro. É fácil, rápido, gratuito ( Nah, estou a brincar, tem que se pagar mesmo e bastante em certos casos ) e promete fazer desaparecer muitas desilusões. Acho que não há muito a ser dito. Quer-se dizer, se dermos uma vista de olhos pela actual sociedade, tudo se tornou mecanizado, industrializado, de fabrico rápido e competente. Era uma questão de tempo até fazerem o mesmo com o engate. Para quê gastar dinheiro e tempo numa relação que provavelmente nem vai dar em nada? Ou até mesmo no engate da discoteca (esta é direitinha para o Pedro ^^ ) que, após algum tempo de lábia, até nem vai dar em nada? Vamos pegar nas coisas e ser práticos: quero uma namorada e preciso de um seguro. Algo que me garanta que isto, ao primeiro “Não!!!!!”, não vá abaixo. E, já agora, que ela gosta de mim, não pelos meus lindos olhos, mas pelo perfil ideal cuspido pelo programa. Chegamos a uma era estranha. É o futuro e não há como fugir a isso, qualquer dia vivemos sem sair de casa, através de um simulador virtual (muito à semelhança da ideia mostrada no último filme do Bruce Willis), onde o engate já está automaticamente traçado pelo programa. Mas se formos a pensar assim, porque não ser ainda mais radical? Que tal algo que traça o perfil, baseado no nosso ADN, da pessoal ideal com quem devamos procriar? Para quê nos preocupar com desgostos, ou sofrimento, (sim, aquilo que nos faz crescer como indivíduos), ou até mesmo com a nossa felicidade? O importante é manter a espécie “live and breathing”. Penso que as coisas estão a tomar um rumo bastante destrutivo, para nós, tanto como indivíduos e como espécie.

P.S: Só para terem uma ideia, este tipo de indústria move cerca de 976milhões de dólares por ano.

Read Full Post »

Ontem, 27 de Setembro de 2009, o PS ganhou as eleições legistalivas em Portugal. Apesar de um mandato muito controverso, os portugueses apostaram mais uma vez no Engenheiro Sócrates. Fico surpreendido, devo confessar. Esperava que o PS ganhasse, mas tinha uma réstia de esperança que o PSD conseguisse. Fico surpreendido, porque esperei, agora que vejo, demais dos portugueses. Não esperava sentir isto, após a notícia que mostrava a vitória do PS, mas a verdade é esta: senti-me triste. Triste por que sinto-me enganado. Sinto que todas as promessas que foram feitas, não foram cumpridas. Sinto que fomos enganados. Freeport, reforma aos 65 anos, modo como os professores são avaliados, grandes obras públicas, desemprego, carga fiscal, cada vez maior o fosso entre os pobres e os ricos. Enfim, isto e mais. Digo abertamente que votei no PSD. Não por querer, mas sim por falta de alternativas realistas. Por isto e por, essencialmente, outra razão: grandes obras públicas ( terceira travessia do Tejo, novo Aeroporto, TGV). Não sou um expert nesta matéria, mas tenho dois dedos de testa. Dinheiro que poderia ser bem investido noutras áreas, irá ser “torrado” em algo que nem a médio, nem a longo prazo se irá pagar (dinheiro ganho com a obra ser superior ao dinheiro gasto com a mesma).  É triste pensar que apesar de ser finalista, apenas penso em emigrar. É muito triste, mas eu quero ganhar aquilo que trabalho. Coisa que em Portugal nunca irei conseguir. Está provado, com o que testemunhamos, que em Portugal a retórica ganha e não a verdade. A imagem brilha mais que a verdade. E um par de palavras bonitas, apesar de serem de uma verdade duvidosa, são bem recebidas por todos nós. Hoje, temos a prova que somos um país de ignorantes. Gente que é bem embalada pelo vendedor de banha de cobra. Não me interpretem mal, a líder do PSD, simplesmente, não tem carisma. Não é eloquente com as palavras, como o engenheiro. É a verdade. Mas acho que é preferível ao que com que ficamos. Provavelmente, antes deste mandato terminar, não estarei em Portugal. Aos que cá ficam, desejo boa sorte.

É assim que o ínicio do fim começa e peço a quem ler este post, se lembre bem desta data: 27/09/09.

Deixo um link de uma pessoa que gostava, mesmo muito, de ver mais na tv.

E um curto vídeo do mesmo (contudo, poderá ver no link acima os vários vídeos completos) :

Read Full Post »

Older Posts »